Mecanismos de enfrentamento para a depressão

Espalhe essa Ideia!

A depressão pode ser fonte de uma doença emocional e mental grave, quando não controlada. Em algum momento, quando uma pessoa deprimida não consegue lidar com seus sentimentos de depressão ela tende a construir o seu próprio mundo e infelizmente, tomar decisões contra a própria vida. Outras, não conseguem distinguir entre o certo e o errado.

Se você tem sente que pode estar entrando na roda-viva da depressão, precisa do que chamamos de mecanismos de enfrentamento. Você não deve deixar a depressão passar por cima de você e penetrar em sua natureza muito pessoal.

Aqui estão alguns dos mecanismos de enfrentamento que você pode usar, ao sentir-se deprimido:

1) Considere as causas e as razões pelas quais percebe-se deprimido. Para certificar-se de que você entenda essas causas, você pode fazer uma auto-investigação. Com base no que você pesquisou, reflita. O que será que isso significa para você? É algo que apareceu de repente, ou volta, recorrentemente? Tem a ver com alguma situação ou pessoa específica? É possível afastar-se do problema que gera esse sentimento em você?

2) Garanta a qualidade de seu sono. Às vezes, o sentimento depressivo é alimentado pela falta de sono e descanso. Certifique-se de dormir de seis a oito horas todos os dias, e suas manhãs serão bem melhores!

3) Faça exercícios simples, mesmo que só em casa. Você pode correr, caminhar ou fazer exercícios de alongamento. Ao mesmo tempo, você está permitindo concentrar-se em atividades físicas, e afastando pensamentos negativos, além de organizar os hormônios que trazem sensação de bem-estar.

4) Mantenha-se ocupado. Assista seu filme favorito, leia um livro ou faça alguma atividade manual. Estas atividades irão manter seu corpo e sua mente afastados de pensamentos recorrentes. Além disso, planeje suas atividades para o dia, ocupando o máximo de tempo possível.

5) Converse com os amigos. Todos passam por situações difíceis e vários momentos depressivos ao longo da vida e talvez, uma das histórias que você ouvir deles possa ajudá-lo a ter algum insight sobre o seu próprio problema. Nunca se compare com os outros, porque você é uma pessoa única. Não tenha medo de pedir conselhos, ou visitar um médico se a depressão persistir.

6) Não abra mão de lidar com a depressão. Algumas angústias passam com o decorrer dos dias, mas outras, podem tornar-se uma doença séria, que precisa de cuidados. O importante é que você fique atento ao que sente e cada vez que “sair da rota” do seu estado normal de comportamento, investigue  o assunto para voltar a ser quem é.

Cuide-se, sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *