Lindas Mulheres

maoPor Iara Bichara

Vinicius de Morais, grande poeta e compositor brasileiro, reverenciado por todos da nossa geração como um grande galanteador e amante inveterado, sabia como ninguém, tocar o coração das mulheres. Adorável em suas colocações e doces palavras, o “poetinha”, como era conhecido, cometeu uma grande falha, quando disse: “que me perdoem as feias, mas beleza é fundamental”.

Beleza não é apenas fundamental, mas imprescindível. Porém, enganou-se Vinicius, pois não existem mulheres feias. Existem mulheres tristes, mulheres sem autoestima, mulheres que ainda não descobriram o quanto são belas.

Há algo mais sublime do que a nossa existência? E quem guarda a mágica que os cientistas tanto buscam reproduzir? A MULHER!

Toda mulher possui dentro de si o cálice da vida e, mesmo que nunca reproduza, na genética da biologia humana, vive a criar ao longo de sua existência. Mulheres criam filhos – seus e dos outros, criam projetos, criam animaizinhos, criam destinos, criam sonhos…

Desde muito pequenina, pode-se distinguir a força e a beleza que a mulher carrega e que não se extingue com o passar dos anos. Quando a força física começa a declinar é justamente quando brota a força de sua sabedoria. Hoje, com o aumento da longevidade e com todos os recursos que dispomos, encontramos mulheres que passaram dos sessenta anos e são mais interessantes atualmente do que quando tinham vinte.

Essa beleza, que irradia e contagia, não depende de grifes, de luxo, de plásticas, de peso, de tratamentos, de malhação e de todos os apelos a que estamos sujeitas a cada instante. Depende apenas do brilho no olhar, do agradecimento pela vida e do amor que podemos irradiar.

Portanto, vamos lá, lindas mulheres experientes, sábias e conhecedoras de seus poderes: assumam a beleza como um tesouro pessoal e a espalhem por todos os lugares onde passarem, espalhando alegria, carinho, emoções e, por que não, arrebatando corações!